Tag : comunicacao

question-mark-iStock_000003401233Medium-copy

FAQ | Storytelling? Transmídia? Oi?

Oi! Já ouviu falar nestes termos mas não entendeu direito? Então agora é a hora de entender e ver porque storytelling é uma ferramenta poderosa que pode fazer muito por você, na sua vida, nos negócios, convencer, vender e conquistar mais.

Podemos defini-la de várias maneiras, mas basicamente é importante lembrar que ela é a estratégia de comunicação ideal para compartilhar conhecimento (e a importância disso, nós já comentamos por aqui), utilizada pelo ser humano muito antes do que qualquer mídia social. Calcula-se que, em torno de 30 a 100 mil anos atrás, a linguagem já começava a ser desenvolvida pela humanidade.

Para entender  melhor, repare na diferença entre estas duas palavras em inglês: “history” e “story”. A primeira está relacionada com fatos reais, como o descobrimento da América ou alguma coisa que aconteceu em nossas vidas. Já segunda é uma estrutura narrativa, que muitas vezes é ficção ─ mas não necessariamente. Na nossa língua português brasileiro, o correto é escrever história para ambos os casos, então lembre-se que para falar de storytelling, a história na verdade remete ao conceito de story.

Portanto, “telling” uma história, ou seja, contar é construir e organizar eventos em uma maneira lógica, dentro de uma estrutura como esta, de forma simplificada:
> Quebra de rotina, para contar um fato extraordinário, pois histórias cotidianas são pouco atrativas;
> Protagonista, o personagem com quem o público vai se identificar e que está em busca de um objetivo;
> Antagonista, o responsável por criar obstáculos para o protagonista, pode ser uma pessoa, algo imaginado, um problema de saúde e diversas outras situações ou personagens;
> Conflito, os momentos de tensão entre os opostos, que são elementos capazes de segurar a atenção do espectador;
> Plot, que é o enredo em si, onde os eventos são organizados do início ao fim, passando por um clímax, aquele momento alto da história.

E é assim que uma história é construída, há milhares de anos, por nossos ancestrais, contando sobre família, ensinando a história da vida, falando sobre Deus e todas as outras coisas do universo. Assim como conhecemos até hoje, em livros, filmes, seriados, novelas, quadrinhos e games.

O poder do storytelling é grande e consideramos uma ótima estratégia, simplesmente porque guardamos uma informação mais facilmente quando ela está nesse tipo de estrutura. O segredo é atribuir significados emocionais a elementos técnicos e aproximar o público por meio de um contexto.
E isto está comprovado: um fato tem 20x mais chance de ser lembrado se estiver ancorado em uma história, como descobriu e apresentou o psicólogo Jerome Bruner.

Todos nós temos uma coleção de memórias em nosso cérebro, em forma de fotos e vídeos, histórias e até piadas, não é?
Portanto, podemos dizer que uma campanha para determinada marca, quando utilizando de storytelling, pode valorizar muito o conteúdo, atrair mais clientes e fãs e, diferentemente de um comercial de TV de 30 segundos, pode ter uma duração de anos ou décadas.
Histórias tocam, atraem, geram identificação e são capazes de se tornar inesquecíveis.

35358_0_wilson_the_volleyball

Lembra?

Grandes marcas já praticaram e comprovaram, o grande exemplo é do filme O Náufrago, com Wilson.

Agora sobre transmídia storytelling é, basicamente, contar uma história em diferentes mídias, tendo consciência de que cada uma exige uma narrativa específica e atinge públicos distintos. Uma boa história encanta a todos, mas a forma como ela é contada e explorada, pode interferir muito na experiência do espectador ao ter contato com ela, e este é mais um critério estratégico para trabalharmos na comunicação.

Se interessou e quer saber mais sobre este mundo de contar histórias?
Neste link existem alguns cases mais recentes em mídias sociais e neste link temos um infográfico bem interessante para convencer de vez porque storytelling é uma ferramenta incrível para comunicar e vender.

Tem uma pergunta que não quer calar? Mande pra gente: [email protected] ou nos comentários abaixo.
Ou quem sabe a sua pergunta já foi respondida? Veja nosso índice de FAQ:
► Quanto devo investir em marketing? Aprenda a calcular!
► Como posso otimizar minhas campanhas de e-mail marketing? Estou fazendo certo?
► Como escrever melhor na internet? Veja estas 7 dicas!
► Qual é a melhor forma de organizar a comunicação interna da minha empresa?
► Facebook Ads ou Google AdWords? Onde devo investir?

Comentários