Mobile não é o futuro, é o presente.

Você pode não querer admitir mas é a pura verdade: não sabemos mais viver sem um celular smartphone.
Antes de mais nada, vamos entender melhor o significado da palavra “mobile”.

mo.bile {adj.}               móvel (mobilis, -e) {adj.} Coisa que pode se mover

Oras, então nós também somos mobile, correto? Certamente. E não há nada mais natural do que a necessidade de queremos ter acesso as informações que precisamos, aonde estivermos.

Uma tendência da tecnologia é portabilização de suas raízes, assim como foi com o rádio, telefone, computador e outros.  Naturalmente, no início, sempre há o receio do sucesso dessa reinvenção do que já estamos acostumados, com a internet não iria ser diferente.  Muitos empreendedores gostam de acreditar que o mobile ainda é algo embrião, sem números representativos e que investir nessa tecnologia, hoje, é desnecessário. Se você for um empreendedor com esta mentalidade, sinto muito lhe informar, você está perdendo dinheiro. As evidências já estão consolidadas: mobile já é uma realidade. Assim como a internet é importante para todo e qualquer segmento, o mobile também, afinal ele também é internet.

Abaixo, podemos ver a significativa parcela de usuários que acessa a internet via mobile.

Os números deixam claro que é um caminho sem volta (ainda bem!) e só tende a crescer em um curto período de tempo.  A previsão para 2014 é de que o acesso exclusivamente por celulares deve ultrapassar o número de pessoas que acessam a internet somente pelo computador.  O maior problema de toda essa revolução de acessos, é que nem todos os sites estão disponíveis para o acesso adaptado para celular, infelizmente é um erro grave e comum, uma vez que 75% dos usuários preferem sites adaptados para o uso mobile (fonte: ATC 2012). Como se os números já não fossem impressionantes, tem mais, um a cada cinco visitas a site um site adaptado para mobile, leva o usuário a telefonar imediatamente para um negócio (fonte: Google, 2012).

Mas ainda há esperanças, em pesquisa realizada pela Mopowered em 2012, 89% das empresas médias  dos Estados Unidos admitem que um site em versão mobile é essencial para o crescimento no futuro. Ou seja, a acessibilidade depende de por em prática a consciência já existente.

Por final gostaríamos de saber, você já precisou acessar algum site utilizando seu smartphone e ficou frustrado?

 

Comentários