question-mark-iStock_000003401233Medium-copy

FAQ | Redes sociais no ambiente de trabalho: bloquear ou n√£o?

keyboard-shortcutsSabemos que esta questão é delicada. Todos nós já trabalhamos em empresas onde o acesso à internet era limitado. Algumas empresas bloqueiam totalmente, inclusive o uso de celulares dentro do ambiente de trabalho. Existem, de fato, diversas políticas, regras e normas a serem seguidas em relação à segurança de dados, e nós entendemos isso! Mas existe sempre um jeito de lidar com esta situação: educação e orientação aos colaboradores.

Bloquear √© mesmo a forma mais r√°pida de evitar que a seguran√ßa dos dados de uma empresa seja prejudicada e distanciar colaboradores de distra√ß√Ķes. Mas ser√° que √© a forma mais eficaz? Ser√° que os resultados obtidos dessa forma s√£o os melhores que os colaboradores conseguem atingir?

Existem estudos que analisam o comportamento das pessoas no ambiente de trabalho e os resultados podem te surpreender! Basicamente, separaram os colaboradores de uma empresa em 4 grupos: um liberado para acessar redes sociais por 5 minutos em intervalos durante o dia, outro liberado para usar internet mas n√£o redes sociais, outro liberado para um break mas sem poder utilizar internet e outro sem break algum.
Analisando e avaliando a produtividade e entrega de tarefas dos 4 grupos, constatou-se que todos entregaram o mesmo servi√ßo, sem falhas ou atrasos e que o decl√≠nio de aten√ß√£o que o primeiro grupo teve (natural ao se distra√≠rem nas redes sociais) foi m√≠nimo e parecido com os demais grupos. √Č isso mesmo! Depois de 20 ou 30 minutos totalmente concentrados em uma tarefa, o c√©rebro come√ßa a se distrair, naturalmente. N√£o adianta for√ß√°-lo, portanto, um intervalo de 5 minutos bem aproveitado, far√° com o que o c√©rebro retome √†s tarefas com mais aten√ß√£o e foco total!

Existe um termo para explicar esta ação e, veja só, pode ser uma das regras do RH da empresa, por que não? Chama-se Workplace Internet Leisure Browsing (Navegar na Internet por Lazer no Ambiente de trabalho, ou algo assim). Todos os estudos apontam que empresas que permitem o WILB, possuem equipes mais produtivas, motivadas, descontraídas e menos estressadas.

Convenhamos, proibi√ß√Ķes n√£o s√£o legais. E bloquear um recurso para uma empresa inteira, sendo que existem pessoas sensatas que gostariam e saberiam utilizar o WILB de uma forma que n√£o prejudicasse, pode ser frustrante e atrapalhar o rendimento.

Por isso, sugerimos algumas a√ß√Ķes que podem ser feitas aos poucos, para educar, orientar e se relacionar bem com os colaboradores de uma empresa – e se for grande, com departamentos de RH e TI, melhor ainda:

‚úď Orienta√ß√£o aos coordenadores:¬†cada respons√°vel por uma equipe deve saber o que os colaboradores est√£o fazendo e entregando, portanto, cabe a eles tamb√©m ensinar bons modos ao usar internet, computador, celular, impressora e telefones da empresa;

‚úď Cuidado com v√≠rus:¬†essa orienta√ß√£o √© √≥tima para todos, dentro e fora do trabalho, pois se os colaboradores sabem identificar posts, e-mails e links maliciosos, eles poder√£o repassar a informa√ß√£o e n√£o prejudicar nem seu computador pessoal, muito menos o da empresa;

‚úď Bloqueio como consequ√™ncia:¬†ao inv√©s de ser o “modo normal”, o bloqueio ao acesso de internet e redes sociais pode ser uma forma de punir poss√≠veis problemas causados dentro da empresa, assim os colaboradores utilizar√£o o recurso com cautela para n√£o ficarem sem;

‚úď Presen√ßa online corporativa:¬†quando uma empresa possui site e p√°gina nas redes sociais, √© extremamente importante que os colaboradores estejam em sintonia, acompanhem e interajam, pois a comunica√ß√£o tamb√©m √© direcionada a eles e eles s√£o capazes de promover um bom feedback.¬†A presen√ßa online √© maior do que parece (vai al√©m do que o departamento de comunica√ß√£o divulga), pois uma empresa √© formada por todos os colaboradores, o que eles dizem, o que curtem e compartilham por a√≠… interagir e estimular a participa√ß√£o (de forma positiva) deles pode ser extremamente vantajoso!

‚úď Boas pr√°ticas:¬†por fim e talvez mais importante, um manual de boas pr√°ticas para o WILB √© muito √ļtil e o colaborador com certeza se sentir√° valorizado e motivado, pois s√£o dicas e orienta√ß√Ķes que ele vai (e deve) utilizar no ambiente pessoal tamb√©m! A educa√ß√£o ainda √© a melhor solu√ß√£o de todas.

Se a sua empresa apresenta produtividade decadente e falta de motiva√ß√£o e de foco nas tarefas, experimente atualizar-se e promover um ambiente de trabalho mais agrad√°vel, descontra√≠do e leve! Os resultados podem te surpreender… e uma hora ou outra, essas mudan√ßas corporativas ter√£o que ser feitas. O tal futuro cibern√©tico est√° batendo √† porta.

Tem uma pergunta que n√£o quer calar? Mande pra gente:¬†[email protected]¬†ou nos coment√°rios abaixo.

Coment√°rios